Nunca gostei muito de vinagre, não achava muito útil na salada, mas isso até eu conhecer as diversas formas de usar e, principalmente os benefícios que ele traz. O vinagre de maçã pode ser usado para amaciar a carne, em receitas de bolos, e, por ser menos ácido que os outros tipos de vinagres, conservas e pratos agridoces ficam excelentes.

Mas isso é assunto para outro post. O vinagre de maçã é conhecido pelos benefícios fora do prato, no cabelo, na pele e, dizem, até para emagrecer. Como a gente não gosta de dietas malucas e busca saber como o alimento age no organismo, pesquisamos o que dizem por aí dos efeitos do vinagre no organismo e buscamos o relato de uma amiga que já fez alguns testes para nos contar o que achou.

Vamos aos principais benefícios encontrados na internet: vinagre de maçã emagrece, reduz o colesterol, deixa os cabelos sedosos, melhor a acne, desintoxica, entre tantas outras maravilhas. Quando comecei a ler pensei ter encontrado o santo graal da alimentação. Mas tudo o que eu encontrava estava em blogs e sites fitness sem a citação de nenhuma autoridade, médico ou nutricionista.

Desconfiada comecei a procurar na parte acadêmica do Google (sensacional para bibliografia #ficaadica) e não encontrei muita coisa. Resumindo: de todos os milagres, há apenas indicações, poucos testes que comprovem algo. Cito aqui dois estudos que nos conduzem a luz.

O trabalho mais significativo do vinagre da maçã, na minha humilde opinião, é contra a diabete. Um estudo de 2004, publicado no Jornal American Diabetes Foundation’s publication Diabetes Care, fez um estudo com diabéticos do tipo 2, com pessoas propensas a esse tipo de diabetes e com pessoas saudáveis. Todas ingeriram duas colheres de vinagre de maçã diluídas em um copo de água. Ao final do estudo, os picos de glicose que ocorrem depois das refeições diminuíram. Os três grupos tiveram uma melhora nos níveis de glicose. Um tempo depois, as pessoas que continuaram tomando o vinagre antes das refeições emagreceram levemente.

“Thus, vinegar may possess physiological effects similar to acarbose or metformin. Further investigations to examine the efficacy of vinegar as an antidiabetic therapy are warranted.”

Outro estudo, dessa vez brasileiro, feito pela Unesp de Araraquara pesquisou a atividade antioxidante e fenólicos de vinagres. Todos os tipos entraram na análise. Sobre a questão antioxidante, foi observado que o vinagre de maça orgânico apresenta atividade significativa. Ponto para o orgânico! Aqui no Orgânico na Kombi nós temos o São Francisco, com 510ml. Feito no Rio Grande do Sul, ele também tem selo orgânico do Brasil.

vinagre-de-maca-organico-510ml-sao-francisco

Vinagre de maçã São Francisco

A diferença para os outros tipos é praticamente a mesma dos outros alimentos. O alimento orgânico mantém os nutrientes, e alguns permanecem mesmo depois do processo de fabricação. Lembre-se sempre da relação: quanto mais industrializado, menos nutrientes.

Esses dois estudos abrem o caminho para outros mais aprofundados. Mas, conforme a crença popular de centenas de anos, podemos acreditar nas características benéficas do vinagre de maçã, pelo menos no que se trata de diabetes tipo 2 e do poder antioxidante no organismo!

É importante lembrar que o vinagre é acido, quem sofre de refluxo, gastrite ou qualquer outro mal no estômago deve evitar. Além disso, toda dieta deve ser acompanhada de um especialista qualificado.

Mas e nos cabelos? Na pele? Na limpeza? Saímos da ala acadêmica e vamos a prática! Nossa querida amiga Ana Paula Panceri de Souza é uma entusiasta do uso de produtos naturais na estética. Foi com ela que aprendi sobre as maravilhas do óleo de coco, a babosa e o vinagre de maça. Ela é ruiva e tem um cabelo lindo, sedoso e muito bem cuidado. É o tipo de mulher que todas perguntam o segredo daqueles fios! E nós contamos para você!

13124720_1546123439026128_824289835717568533_n

Ana usa vinagre de maçã orgânico para deixar os cabelos brilhosos

O conhecimento é empírico, mas o resultado é real. Após lavar, Ana mistura um pouco de vinagre de maçã em um copo de água e passa no comprimento dos fios. Depois de seco o cabelo não fica com cheiro e permanece sedoso e brilhoso. Ela explica que o PH do vinagre ajuda a selar os fios, tirando aquele frizz e deixando com mais vida.

Por ter uma raiz oleosa, de vez em quando, ela passa no couro cabeludo. O vinagre limpa o sebo e equilibra o couro cabeludo. O único porém é que precisa de um enxágue rápido, porque ao suar, pode exalar um cheirinho de vinagre indesejado.

Eu com certeza vou testar! É preciso cuidar com carinho de todo nosso corpo, sem químicos, melhor ainda! E você? Já usou vinagre de maçã para algum fim estético? Conte para a gente!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s